Foi na caSa roSa, dia 19/11…

Publicado: 18/11/2010 por edubcastro em Casa Rosa

Segundo wikipedia: Um paradoxo é uma declaração aparentemente verdadeira que leva a uma contradição lógica, ou a uma situação que contradiz a intuição comum. Em termos simples, um paradoxo é “o oposto do que alguém pensa ser a verdade”.

Eu gosto e não gosto dessa definição [paradoxo!?]: um paradoxo pode ser não apenas ‘aparentemente verdadeiro’, mas pode ser absolutamente verdadeiro! –  já que não é a lógica que diz o que é verdade, e sim Outro Referêncial.

Há estados ontológicos mais paradoxais do que ‘vida’ e ‘morte’? … pois sei de um lugar em que os dois ocorrem concomitantemente: a CRUZ! (na morte dEle, temos vida – mortificando-nos e vivendo nEle… etc…)

Dietrich Bonhoeffer foi pastor, professor, líder de uma pequena escola e participante do movimento de resistência protestante contra os nazistas. Ele foi enforcado no campo de concentração em Flossenburgo, na Alemanha, a 9 de Abril de 1945. Mesmo ele tendo morrido com a idade de 39 anos, sua vida não foi jogada fora. Citando-o:

O fim da cruz não é uma vida temente a Deus e feliz, mas ela marca o início de nossa comunhão com Cristo. Quando Cristo chama um homem, ele o manda vir e morrer.

John Piper, em Não Jogue sua Vida Fora, escreve:

Uma vida dedicada a magnificar Cristo é de grande custo. E o custo é tanto uma conseqüência como um meio de engrandecê-lo. Se não aprendemos com Paulo os paradoxos da vida que exaltam a Cristo, desperdiçaremos nossos dias perseguindo bolhas que estouram. Ele viveu ‘entristecido, mas sempre alegre; pobre, mas enriquecendo a muitos; nada tendo, mas possuindo tudo’ (2Co 6:10). A estrada do Calvário é pesada, e dolorosa, mas não lhe falta alegria.

Venha pra caSa roSa, essa semana, sabendo que paradoxos não são entendidos ou explicados, mas contemplados e experimentados!

caSa roSa – Sexta-feira, àS 20[30]hS

Rua baRão do tRiufo,  1467 – campo belo

Anúncios
comentários
  1. Um observador disse:

    Algumas observações simples:

    – Ao se fazer um texto que anseia à intelectualidade ou à estética, deve-se cuidar da gramática.
    – Não use a Wikipédia, mãe dos burros, quando definir uma palavra, para isso está o dicionário.
    -Não confunda ontologia com metafísica.
    – Se quer fazer um convite àqueles que não frequentam a reunião de seu grupo, o faça de maneira sutil. As palavras “dolorosa”, “grande custo”, “pesada”, etc, tiram todo o brilho de uma discussão de um livro de “caminhos espirituais”.

    No mais, lembre-se da grande comissão, aplique o conhecimento de antropologia e sociologia bem basiquinhos que sei que você conhece e seja menos afirmativo em suas palavras para que além do conhecimento bíblico que demonstras ter, apresente também uma vertente inclusiva e social, sem exclusões e conservadorismo.

    Sorte, e fé.

  2. edubcastro disse:

    Obrigado pelo comentário!
    Permita-me algumas observações…
    – Intelectualidade e estética não são abolutizadas por nossa fé, do contrário, são consideradas como modos de ser complementares da realidade dotados de significados divinamente impressos, não como fins a que se ansiar. Gramática descritiva é linda, mas constantemente torna-se um veículo insuficiente para a transmição de idéias… Penso que Lucas, Paulo e demais apóstolos tenham considerado isso quando, mesmo sendo conhecedores do grego clássico, ousaram comunicar “caminhos espirituais” em ‘Koiné’ (Grego comumente falado).
    – Wikipédia é uma plataforma formada por pessoas comuns, isso, de fato, ofende à ‘intelecualidade’ e à ‘estética’, mas preserva um conhecimento empírico brilhante que foi ratificado e retificado à luz da Verdade.
    – Não uso a navalha de Ockham! A metafísica, entendida como um espaço em cujas leis não pode haver absolutos, é um clivar a realidade: uma desculpa àqueles que visam a viver seguros apenas na ‘ontologia’ e periferizam assuntos que fogem aos microscópios da deusa lógica.
    – O presente texto nunca pretendeu ser atrativo aos ouvidos pós-modernos, quando assim o for, deixa de ser loucura para os homens e sabedoria de Deus (1Co 1:18-25). “dolorosa’, grande custo’ e ‘pesada” são, [in]felizmente, adjetivos bíblicos, mesmo em convites: (vide. Mt 10:34-42; Lc 12: 22-30 e outros)

    Obrigado, mesmo, a lembrança da Grande Comissão! De fato, é um desafio superior à minha capacidade… Mas, me recuso a usar conhecimentos de Antropologia e Sociologia se estes não servirem a um proprósito único e claro: manifestar o convite radical do Evangelho a uma sociedade que labura contra imperativos que conclamam a responsabilidade moral do homem – isto torna o Evangelho paradoxalmente exclusivo, pois chama a todos e salva alguns.

    Se todas as palavras escritas acima forem tomadas como ofensivas e impedirem [até mesmo] um encontro amistoso com café, bolacha de chocolate e muita conversa, esquece as palavras e vamos conversar!!
    Espero, mesmo, um contato menos virtual…
    cel (011) 6558 5192, eduardobornellicastro@hotmail.com.

    Graça e Paz

    • Um observador disse:

      Não era a intensão te incomodar tanto.
      Volto a dizer, quando se escreve um texto assim “de bonito” e cheio de palavras difíceis, deve-se cuidar da gramática, vc fala do grego sei lá o que e me solta um TRANSMIÇÃO.

      Não vou querer eu, discutir ou debater filosofia com vc meu caro. Porém, vc deve atentar e concordar comigo que se seus textos tivessem um conteúdo mais soft, outras pessoas, que não os mesmos 2 que comentam todos os posts qque vc faz, iriam observá-los com mais carinho, e assim, atenção.

      Volto a dizer, pra sua idade vc é un geniozinho da história e da bíblia, só te falta um feeling de sociologia, e um pouquinho, bem pouquinho de pecado. Digo no sentido bom (se é que há), ou seja, trazer à uma realidade mais palpável os exemplos que vc dá, que são excelentes. O uso das palavras pesadas, afasta sim, qualquer leitor que tenha algo mais que fazer na vida e se preocupe com essas coisas.

      Uma vez mais, parabéns!

      Quanto ao convite, quem sabe ele já não rolou?

  3. GEssé disse:

    Olá!
    Que bom ter uma discussãozinha aqui =) hehe
    Na casa a discussão foi boa também…melhor ainda será ver o que vai gerar tudo isso!
    Esse dia na casa foi legal…fico imaginando como foi o depois no pensanmento e atitudes de cada…
    Que Deus complete o que Ele mesmo começou!
    Um abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s